Os passes turísticos das cidades italianas de Ferrara e Ravenna

Compartilhe

Tendo publicado em sequencia dois posts com direito a roteiros com mapas assinalando endereços e horários de funcionamento das principais atrações de Ferrara e Ravenna, duas excelentes opções de bate e volta partindo de Bolonha, um complemento deve ser mencionado: Os passes turísticos.

Via delle Volte, Ferrara

Apregoando benefícios e descontos, os conhecidos passes criados para incentivar turistas a conhecer mais atrações e, consequentemente, passar mais tempo em uma cidade acabam na maioria das vezes não trazendo verdadeira vantagem, uma vez que o tempo dispendido em algumas visitas inviabiliza outras.

Palazzo Municipale, Ferrara

Para um passe turístico funcionar bem, é preciso avaliar sem olho grande, o que realmente se quer visitar e o que cabe no período da validade. Considerando que tanto em Ferrara como em Ravenna as distâncias são pequenas, e que as atrações individualmente não tomam tanto tempo de visita, para quem pretende ver boa parte delas, pode ser vantajoso.

Castello Estense, Ferrara

Com o nome de MyFE, o passe turístico da cidade de Ferrara é oferecido em versões para 2, 3 e 6 dias. Abrangendo todos os onze participantes da rede de museus municipais, incluindo o incontornável Castello Estense - uma visita a ele e mais outro, como os ótimos Palazzo Schifanoia ou a Villa Marfisa d’Este, por exemplo, já cobre o valor dispendido.

Palazzina Marfisa D'Este, Ferrara

O passe MyFe pode ser comprado online, no Ofício de Turismo de Ferrara dentro do pátio interno do Castelo Estense ou em qualquer um dos museus da rede. O kit é composto por um cartão nominal, um ingresso combinado para os museus e um pequeno “manual” das atrações da cidade.

Chiesa San Giovanni Evangelista, Ravenna,

Oferecendo os habituais descontos em hotéis, lojas e restaurantes, o passe MyFE também dá direito à redução em exposições temporárias, concertos, taxis e para o ônibus expresso para o aeroporto de Bolonha. Quem dorme na cidade é dispensado daquela pequena, porém desagradável, taxa municipal de hospedagem. Mais informações em: http://www.myfecard.it/en

Piazza San Francesco, Ravenna

Já em Ravenna, existem passes distintos. O ingresso combinado da Diocese de Ravenna e válido por sete dias abrange o Museo Arcivescovile (com a Cappella di Sant’Andrea e a Cattedra d’Avorio), o Battistero Neoniano, a Basilica di Sant’Apollinare Nuovo, a di San Vitale e o Mausoleo di Galla Placidia. É vendido na entrada de todos estes locais. As informações: http://www.ravennamosaici.it/?page_id=322

Duomo Ravenna

Quando estive em Ravenna por um dia, visitei além desses locais acima as atrações compreendidas em um passe atualmente chamado “Ravenna Antica”, além de um ingresso individual para a afastada Basilica di Sant’Apollinare in Classe. As informações sobre os preços, horários de funcionamento e locais abrangidos pelo passe estão em http://www.ravennantica.it/

Basilica di Sant'Apollinare in Classe

Recentemente surgiu o Romagna Visit Card que faculta a visita a uma série de atrações interessantes não só em Ravenna, mas também em diversas cidades na região da Emilia Romagna. Como sempre falta conhecer alguma coisa na Itália, quem sabe este não é um incentivo para voltar e descobrir se vale a pena? O endereço do Romagna Visit Card é http://www.romagnavisitcard.it/

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *