Os misteriosos endereços e nomes de ruas de Veneza

Compartilhe

Veneza

Destino de sonho de dez entre dez turistas, a emblemática Veneza é perfeita para ser explorada a pé . Até porque lá não circulam veículos: a única forma de transporte é por mar. A conhecida “La Sereníssima” é única, mágica e cheia de mistérios. Provavelmente, o maior deles é como, na chegada com malas, conseguir encontrar o hotel sem errar o caminho.

Veneza

Um dos grandes desafios para um turista em Veneza é se orientar. Usar navegador por satélite é frustrante, o sinal é mal recebido em ruas mais estreitas e quando chega a localização indicada já é passado. Mapas tradicionais em papel dão margem a enganos e são raros os casos de visitantes que não tenham topado, ao menos uma vez, com um beco sem saída, ou rua que termina em um canal sem calçada ou ponte.

Veneza Veneza

Achar um endereço em Veneza é uma missão praticamente impossível. Apesar de as ruas terem nomes, elas não fazem parte de um endereço oficial. A cidade é dividida em seis bairros, os “sestieri”, e os prédios são numerados em uma sequência consecutiva dentro deste distrito, como San Marco 5432 ou Cannaregio 987. Ao reservar a hospedagem é prudente pedir indicações detalhadas de como chegar ao local para não ficar subindo e descendo as escadas das pontes com bagagem.

Veneza

Outra peculiaridade são os nomes dos logradouros. Antes de viajar, pesquisei e elaborei um glossário particular, que mais serviu para alimentar a curiosidade do que propriamente orientar. Saber que um endereço em uma “Fondamenta”, é necessariamente na borda de um canal ou que um ”Corte” é um pátio sem saída no fim de uma rua, pode até ajudar, mas não é tudo. Veja alguns exemplos:

Campo – Praça, ou grande espaço aberto, geralmente junto a uma igreja

Ramo – Pequena ramificação lateral de uma rua principal normalmente sem saída

Merceria – Uma rua grande e movimentada, com os dois lados ocupados por lojas

Calle – Antigas estradas, eixos nos bairros. Existem as Longa ou Lunga, Larga e Stretta

Campiello – Pequena praça

Veneza

Ruga – Uma das primeiras ruas ocupadas nos dois lados por casas e lojas

Riva – Outro nome para Fondamenta, rua ao longo de um canal

Sotoportego ou Sottoportico – Uma passagem sob um prédio

Rio Tera – Rua sobre um canal aterrado

Veneza

Salizzada ou Salizada – Nome das primeiras ruas pavimentadas

Bacino – Alargamento artificial em canais para o “estacionamento” de gôndolas

Lista – Ruas nas imediações de palácios ou residência de um embaixador estrangeiro

Piscina – Um espaço aberto aterrado anteriormente ocupado por água

Sacca – Rua sem saída

Molo – Um cais

Veneza

Veneza é realmente um emaranhado de ruas estreitas, portanto, uma boa prática é prestar atenção a referências como a torre de uma igreja ou uma determinada loja. Aquela clássica regrinha de seguir sempre para a direita para sair do labirinto aplicada a uma ilha, resulta apenas em um trajeto circular – pelo menos não se vai muito longe. Aprender os nomes das direções e algumas palavras em italiano é um recurso simples e muito mais eficiente. Afinal, os venezianos estão acostumados a encontrar turistas, sinônimo de gente perdida.

Veneza

Pensando bem, se você tem a sorte de estar com viagem marcada para Veneza, não vale a pena alimentar preocupações tão pouco importantes. Perder-se em Veneza será inevitável e este engano poderá conduzir às melhores recordações da cidade. Ainda que o caminho esteja errado, vá em frente: Sempre haverá algo belo e surpreendente a sua espera. Este é o segundo maior mistério de Veneza – O primeiro está no início do texto. Ou seria o contrário?

6 thoughts on “Os misteriosos endereços e nomes de ruas de Veneza”

  1. Mônica, não tinha lido com atenção esse post.
    Simplesmente, maravilhoso: fotos e texto com grande inspiração.
    O post aumenta muito muito a vontade de estar lá.
    Parabéns!

  2. Aline,

    Obrigada pelo incentivo.

    Mesmo sendo tão “turística” Veneza é uma cidade incomparável. Com tanta tecnologia e em pleno século 21, a possibilidade de não se errar ao menos uma vez o caminho continua praticamente nula. Por mais que anunciada, a surpresa sempre acontece. Prepare-se…

  3. Tbém vou me preparar. Daqui a dois meses estarei, propositadamente, me perdendo por lá. Que delícia!

  4. Eliana,

    Tomara que antes de reencontrar o caminho você descubra um recanto especial, uma fantástica gelateria ou ambos

  5. Gostei muito de viajar pelo seu site.
    Tudo tão sem misterio.
    Tão simples.
    Tão esclarecedor.
    Parece uma conversa entre amigos.
    Esçreva mais, sempre.
    Muito grata.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *